terça-feira, 2 de junho de 2009

Nunca pare de lutar.

O que vem pra tentar ferir o valente de Deus
Em meio às suas guerras?
Que ataque é capaz de fazê-lo olhar pra trás
E querer desistir?
Que terrível arma é usada pra tentar
Paralisar sua fé?
Cansaço, desânimo logo após uma vitória
A mistura de um desgaste com um contra-ataque do mal
A dor de uma perda ou a dor da traição
Uma quebra de aliança
Que é a raiz da ingratidão
Se alguém está assim
Preste muita atenção
Ouça o que vem do coração de Deus


Em tempos de guerra
Nunca pare de lutar
Não baixe a guarda
Nunca Pare de Lutar

Em tempos de Guerra
Nunca Pare de adorar
Libera palavra
Profetiza sem parar

O escape, o descanso, a cura, recompensa vem
Sem demora

O escape, o descanso, a cura, recompensa vem
Sem demora....


composição: Ludmila Feber
Do Álbum Adoração Profética 4

4 comentários:

O Sibarita disse...

Pois é! Ninguém jamais em tempo alguma poderá enfrentar Deus e o seu filho Jesus Cristo.

Porque se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá pestilências, e fomes, e terremotos em diversos lugares.

Beleza de música!

bjs
O Sibarita

Uma aprendiz disse...

Bom dia, Sibarita

Deus é soberano.
Gostei muito dessa letra, ela fala de esperança e fé.
Apesar das circunstâncias jamais devemos perder a fé e certeza da nossa vitória.
Deus sempre vem ao nosso favor.

E, quanto a você, já participou de algum culto? Perto da sua casa com certeza deve ter uma igreja evangélica.

um lindo dia pra ti

paula barros disse...

Querida, é sempre ler sobre fé, sobre força, sobre esperança, sobre amor....nesse mundo que vivemos.

Temos que buscar forças em Deus para seguirmos, sempre fazendo o bem.

abraços e beijos, e um lindo lindo.

Uma aprendiz disse...

Com certeza, Paula

Deus é a prioridade em nossas vidas. Ele está em tudo e em todos.

Obrigada pela visita e pelo carinho.

beijos