domingo, 7 de junho de 2009

O crente que não ora e o adultério.

Por Bispo Paulo Petrizi


Você já refletiu por que os Evangelhos relatam tantos ensinos de Jesus acerca da oração? Há coisas que para nós têm tanto valor, mas sobre as quais o Mestre nunca ministrou. Porém, acerca da oração, que muitos insistem em relegar pequena importância, Jesus tanto ensinou como deixou exemplos que comprovam que Ele orava com muita freqüência.


Apresento um pequeno levantamento das passagens que os três primeiros Evangelhos contém acerca deste tema.


i. Mt 6.5-15: Ensina princípios para uma vida de oração;

ii. Mt 7.7-11: Recomenda a persistência na oração;

iii. Mt 26.36ss: Jesus ora no Getsêmane e se prepara para a cruz;

iv. Mc 1.35: Jesus orou num lugar deserto por toda uma madrugada;

v. Mc 6.46: Jesus subiu a um monte para um período de oração;

vi. Mc 11.17: O Senhor nos lembra que Sua Casa é “Casa de Oração”;

vii. Mc 11.24: O Senhor afirma que haverá resposta à oração com fé;

viii. Mc 14.38: No Jardim das Oliveiras Ele avisou que a oração é crucial para que o discípulo não caia em tentação;

ix. Lc 6.12: Antes de levantar seus Doze, Jesus passou a noite orando;

x. Lc 11.1: Jesus ora. Os discípulos pedem que os ensinem a orar;

xi. Lc 18.1-8: O Senhor contou a Parábola da Viúva Persistente, sobre o dever de orar sempre e nunca desanimar;


Poderíamos reunir tantas outras passagens, do Antigo Testamento e do Novo. Mas julgo não ser necessário estender ainda mais esta lista de passagens. Você sabe. É óbvio que orar é fundamental para que um ministério cresça. Mais ainda, orar é fundamental para que um ministro se mantenha fiel.


Numa das passagens acima, Jesus ordenou aos discípulos que orassem a fim de não caírem em tentações. Há uma predisposição em nossa carne que somente pode ser contida mediante oração (Mc 14.38). Exemplifico isto com o rei Davi. Um dos maiores servos de Deus da história. Porém, caiu em tentação, adulterou e cometeu um homicídio (II Sm 11.1-5). Você concorda que se Davi tivesse orado naquele dia, passado um tempo do “lugar secreto”, teria se poupado de todo o prejuízo que causou?


Só Deus pode estimar os prejuízos que já tivemos por falta da oração. Não é mesmo? Algo tão simples, tão ao nosso alcance. Inclusive porque o Espírito de Deus se dispõe a nos ajudar! (cf. Rm 8.26).


Orar é submeter-se a Deus. Quem não ora demonstra que não depende de Deus. Quem se submete a Deus torna-se capaz de resistir ao Diabo e de afugentá-lo (cf. Tg 4.7). Em Tiago 4, são chamados de “adúlteros” os crentes que não oram direito! (Tg 4.3 e 4).

O raciocínio de Tiago é que tais crentes são amantes do mundo. Traem Deus com o mundo! No discurso, falam que amam a Deus. Na prática, comportam-se como os inimigos de Deus. E por isso, completa Tiago, provocam “fortes ciúmes” em Deus (v. 5).


Por fim, quero lembrá-los dos avivamentos que houveram na história da Igreja. Todos eles: Morávia, País de Gales, Coréia do Sul, Fiji... A oração é crucial para que haja um grande avivamento em nossa cidade.


Concluo fazendo um pedido a você. Por favor, em nome de Jesus, ore. Ore mais. Ore sempre. Tenha uma vida de oração. Para que você se conserve fiel, para que o Diabo fuja de você e, principalmente, o Nome de Yeshua seja engrandecido em sua vida.

Na unção da prosperidade dos fiéis.

publicado no site: http://www.pregaapalavra.com.br/

6 comentários:

paula barros disse...

Orar é estarmos ligados com o nosso íntimo, e buscarmos o melhor em nós para seguirmos os mandamentos de Deus.

abraços e beijos

Uma aprendiz disse...

Oi, Paula

orar é isso sim e muito mais.
É estar ligada ao Pai, é ter comunhão, intimidade.
É uma delícia.
Pena praticarmos pouco.


beijos

O Sibarita disse...

Não é que ele o Bispo tem razão? Orar é tudo!

Eu vois digo que ando em estado permanente de orações, se estou escrevendo aqui, esto orano, se estou conversando com alguém estou orando, faça fé!

É preciso que todos fiquem em estado de vigilia, de orações e com certeza irá se livrar de muitas coisas indesejáveis no seu dia a dia!

A oração é aquela que vem de dentro do seu coração na pureza do amor ao Mestre Jesus, a Deus e aos seus semelhantes!

bjs
O Sibarita

Uma aprendiz disse...

Se orassemos mais evitaríamos de fazer muitas coisas que desagradam a Deus.

Andar em espírito nos livra de muito mal.


Beijo, Sibarita

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Gostei de vir aqui. principalmente esta hora , final do dia.
beijos
Boa semana para você

Uma aprendiz disse...

Beijos, Martha


obrigada pela visita.